Inverno com nevão, ano de pão.

 

A vaca do vilão se de Inverno dá bom leite, melhor dá de Verão. 

 

Dia de São Brás, a cegonha verás e se não a virás o Inverno vem atrás.

 

Inverno chuvoso, Verão abundante.

 

Inverno de Março e seca de Abril deixam o lavrador a pedir.

 

Inverno em casa depressa passa.

 

Inverno geral um mês antes do Natal.

 

Inverno nevoso,  ano formoso.

 

Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo São Martinho.

 

Se o Inverno não faz o seu dever em Janeiro, faz em Fevereiro.

 

Nem no Inverno nem no Verão não largues o teu galão.

 

Nem no Inverno sem capa, nem no Verão sem cabeça.

 

Sol de Inverno, chuva de Verão, amor de rameira  e palavrinhas doces do meu patrão.

 

 

 

publicado por eb1paradadegonta às 12:22